Quadradinhos de Abóbora e Gila com Recheio de Cream Cheese

Um bolo delicioso e que, apesar de ter rachado um pouco (culpa da minha gulodice), tinha de o partilhar aqui de tão bom que é.

1 chávena de açúcar
6 colheres de sopa de manteiga derretida
2 ovos
400 g de puré de abóbora
3 colheres de sopa de água
2 chávenas de farinha
2 colheres de sopa de doce de gila
2 colheres de chá de canela em pó
1/2 colher de chá de fermento em pó
1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio

Para o recheio de Cream Cheese:
200 g de queijo tipo Philadelphia
1/4 de chávena de açúcar
1 colher de chá de extracto de baunilha

Pré-aqueça o forno a 180º.
Unte uma assadeira rectangular com spray anti-aderente. Reservar.
Bata o açúcar e a manteiga. Junte depois os ovos, a abóbora, a gila e a água até ficar tudo bem misturado.
Adicione a farinha, a canela, o fermento e o bicarbonato e bata até obter uma mistura cremosa e com tudo bem envolvido.
Deite metada da mistura na assadeira.

Para o recheio de Cream Cheese:
Bata o creme de queijo com o açúcar e a baunilha, até ficar homogéneo. 

Espalhe esta mistura sobre a primeira camada de massa de abóbora.

De seguida cubra com a restante massa.
Leve ao forno a cozer, por cerca de 35 minutos ou até que, ao espetar um palito, este saia limpo.

Deixe arrefecer completamente e desenforme cortando em quadradinhos. 
Eu não consegui esperar que arrefecesse totalmente e o que aconteceu foi que ele rachou um pouco, (como podem ver na foto)  por isso meninas, nada de caírem no mesmo erro.
Anúncios

Bolo de Azeite e Mel com Canela e Nozes

Numa casa cheia de filhos e um marido também guloso, tem de haver sempre um bolinho para todos mimar.

3 ovos inteiros
200 g açúcar amarelo
60 ml azeite
4 colheres de sopa, de mel
120 ml leite com 1 colher de sopa de sumo de limão
220 g farinha
2 colheres (chá) fermento em pó
1 colher de sobremesa, de canela em pó
1 pitada de flor de sal
100 g de nozes, picadas grosseiramente

Pré-aquecer o forno a 180º C. Untar muito bem a forma com manteiga e enfarinhar.
Misture o leite com o sumo de limão, reservar.

Tradicional:
Bata os ovos com o açúcar. Acrescente o azeite, o mel e o leite com o limão e bata apenas até obter uma mistura homogénea. Para uma outra tigela, peneire a farinha, o fermento em pó, a canela e o sal. Junte as nozes e envolva delicadamente os ingredientes secos na mistura de ovos.

Na Bimby:
Colocar a borboleta no copo e deitar os ovos inteiros.
Programar 3 min/ vel. 4/temp.37º. Depois, e sem temperatura, programar mais 3 min/vel. 4 juntando o açúcar.
Adiciona-se depois o mel, o azeite, o leite e as nozes picadas.
Mistura-se 15 seg/ vel. 3.
Por fim, junta-se a farinha peneirada com o fermento e a canela e o sal e envolve-se mais 15 seg/vel. 3.

Deite na forma e leve ao forno por cerca de 35/40 minutos.


Beijinho e boa Quarta-feira!

Madeleines de Laranja

Andava à imenso tempo para as fazer pois achava-as lindas e delicadas e perfeitas para um chá entre amigas…




100 g de açúcar
3 ovos
Raspas de 1 laranja
1 colher de sopa, de água de flor de laranjeira
90 g de farinha de trigo
1 colher de chá de fermento em pó
100 g de manteiga derretida
1 pitada de sal
1 colher de sopa de mel
Açúcar em pó para polvilhar

Peneire a farinha, o fermento e o sal para uma tigela pequena, reserve.
Coloque a manteiga num tachinho, a derreter em lume brando. Uma vez derretida, retire do lume e deixe arrefecer um pouco.
Enquanto isso, aqueça o forno a 190º C.
Coloque o açúcar e os ovos na batedeira e bata por cerca de 3-5 minutos, até engrossar e ficar em jeito de mousse. Misture as raspas de laranja e de seguida, adicione aos poucos a farinha peneirada com  o fermento e o sal até tudo ficar bem incorporado.
Misture um pouco da mistura de ovos na manteiga derretida juntamente com o mel e a água de flor de laranjeira e, de seguida, despeje tudo de volta na mistura de ovos e bata mais um pouco. Retire paa uma tigela e leve a massa ao frigorífico por 20 minutos.
Preencha as cavidades com a massa e leve ao forno por 8/10 minutos. 
Retire e assim que arrefecer, polvilhe as Madeleines com açúcar em pó.

Beijinhos e espero que gostem e. sendo tão fáceis de fazer, ainda vão bem a tempo do vosso lanchinho.

Boleima de Figos e Nozes

 Depois da tradicional receita de boleima de maçã que já aqui tinha no blog, surge agora uma nova versão inventada por mim. Adorei e espero que gostem também.
Uma vez que os figos ainda por aí andam, aproveitem e façam esta maravilha…

3 chávena de farinha sem fermento
1 chávena de leite
1 chávena de óleo
12 figos
1 chávena de nozes, finamente picadas
½ chávena de açúcar 
1 colher de sopa, de canela
1 pitada de sal Bonsalt



Na Bimby:
Deitar no copo da bimby, o leite, o óleo, o açúcar e a farinha e programar 3 min. / vel. 3. 
De modo tradicional:
Envolver bem com as mãos, todos os ingredientes até conseguir uma massa moldável e leve.
Pré-aquecer o forno a 180º C.
Divida a massa ao meio e, com uma das metades forre, um tabuleiro rectangular previamente untado com manteiga e enfarinhado. Por cima coloque o açúcar previamente misturado com a canela e, de seguida, rodelas finas de figo e as nozes picadas. 
Polvilhe com mais um pouco de açúcar e  canela e estenda por cima com mais uma camada fina de massa.
Finaliza-se polvilhando a cobertura com mais um pouco de canela e açúcar. 
Com a massa ainda crua corte quadrados com a ajuda de uma faca e levar ao forno por cerca de 25 minutos.

Coração de Canela com calda de Figos

Uns rolinhos de canela para celebrar o Dia Mundial do Coração que se comemora hoje dia 29.

E, como a Bonsalt é também ela “amiga do coração”, desafiou alguns bloggers que, tal como eu já experimentaram Bonsalt, para fazerem uma receita em que o uilizassem e que resultasse num coração.

Pois aqui esta ele bem docinho e delicioso e, sendo feito por nós e com muito amor, considero-o saudável.
Massa
2 colheres de sopa de açúcar mascavado
1 pacote de fermento biológico seco (5 g.)
100 ml de água ou leite quente
3 colheres de sopa de manteiga sem sal, derretida
280 g de farinha
1 pitada de sal Bonsalt
1 pitada de noz-moscada em pó

Cobertura
120 g de açúcar mascavado
2 colheres de sopa de Maple Sirup ou xarope de milho
2 colheres de sopa, de leite
1 colher de chá, de extrato de baunilha
1 chávena de figos frescos, em quartos
1 pitada de sal Bonsalt

Recheio
50 g  de açúcar mascavado
1 colher de chá de canela em pó
1 pitada de sal Bonsalt

Comece por fazer a massa.
Dissolva o açúcar e o fermento na água ou leite morno.Misture a manteiga derretida .
Numa tigela grande, misture 200 g de farinha, o sal e a noz-moscada. Adicione a mistura de fermento , mexendo até obter uma massa macia . Numa superfície levemente enfarinhada , sove a massa por um minuto ou dois para a incorporação da restante farinha, 1 colher de sopa de cada vez até que a massa já não esteja pegajosa (pode não ser preciso usar toda a farinha) .
Coloque a bola de massa numa tigela, cubra e deixe crescer em local aquecido por uma hora ou até dobrar de tamanho.


Cobertura:
Misture o açúcar mascavado com o xarope, o leite e o extrato de baunilha numa panela. Aqueça e assim que ferver retire do lume. Juntar os figos e reservar.
Numa tigela misture o açúcar mascavado com a canela, reserve.
Pré-aqueça o forno a 180° C. Unte uma forma com manteiga (eu usei esta em forma de coração da Metalurgica).

Coloque a massa sobre uma superfície levemente enfarinhada e deixe-a repousar durante 5 minutos.
Estenda a massa em forma de retângulo. Pincele com manteiga derretida. Espalhe por cima, a misura de açúcar mascavado com canela.
Enrole bem aconchegando e apertando bem.Corte em pequenos rolinhos e coloque na forma, uns ao lado dos outros com o lado cortado para cima. Cubra e deixe crescer em local aquecido por 30 minutos ou até que dobre de tamanho.
Leve ao forno por 20/25 minutos ou até ficarem bem douradinhos. ( podem, se quiserem, colocar um pedaço de folha de alumínio sobre os rolinhos nos últimos 10 minutos).
Retire do forno e despeje sobre o bolo a calda de figos.
Polvilhe levemente, com um pouco de sal Bonsalt .
Deixe que arrefeça ligeiramente e podem servir.

Pãezinhos Doces Recheados com Compota

A Maria é uma mamã babada, que traz os seus meninos no peito e que, a pensar neles, criou o blog, Oficina das Papitas, feito com muito amor e que está quase a completar 2 anos de vida.

A Maria vai fazer uma festa e convidou os amigos a juntar-se a ela com receitas simples e praticas e eu, esperando não ser inconveniente, juntei-me aos demais e aqui estou com uma receita que vos pode parecer complicada mas que se faz num instantinho, acreditem!
Espero chegar bem cedo, entrar e apanhar ainda a Maria e os seus meninos, a tempo de comigo tomarem o pequeno almoço. Para o efeito escolhi estes “Pãezinhos Doces Recheados com Compota” e cuja massa faz lembrar as Bolas de Berlim e Donuts.
Espero que gostem, principalmente a Maria e os seus Fifis e que achem este post e receita, à altura pois fiz com muito carinho.
Juntem-se então à festa , eu já vou e bem cedo, pois quero ajudar a pôr a mesa com todas as iguarias, a enfeitar e florir o salão, conviver e brindar com todos, sabendo que esta festa vai ser inesquecível e para guardar no coração.

Parabéns Maria pelos 2 anos de Blog e que venham muitos mais cheios de boas partilhas que nos fazem felizes e aos teus “fifis”, que vêem com toda a certeza, com muito orgulho, este teu percurso, beijinhos!

1 chávena de leite
2 ovos
3 colheres de sopa de açúcar
1 colher de chá de sal
1 pacote de fermento biológico seco
2 colheres de sopa de água quente
3 1/2 chávenas de farinha
2 colheres de sopa de óleo
1 colher de chá mal cheia, de noz-moscada
Compota a gosto para o recheio
Açúcar em pó para polvilhar

Leve o leite ao lume até que fique bem quente mas sem deixar que ferva. Retire e deixe arrefecer até ficar morno.
Entretanto, numa tigela, misture o fermento com a água morna e uma pitada de açúcar. Mexa bem e deixe descansar por cinco minutos +ou -.
Colocar o fermento com a água, a farinha, o leite morno, o sal, o açúcar, a noz-moscada, os ovos e 2 colheres de sopa de óleo bater bem. E usei a minha batedeira KitchenAid com as pás para massas.
Bata primeiro numa velocidade baixa e depois aumente batendo a massa em velocidade alta por cinco minutos. A massa deve ficar leve e sem pegar nas mãos.

Coloque a massa numa tigela  e cubra-a com um pano. Deixe a levedar em local quente por mais ou menos uma hora e meia.
Após esse tempo retire a massa e coloque-a numa superfície levemente enfarinhada.
Cortar pequenos círculos de massa utilizando a tampa de um frasco de vidro ou usando um cortador de bolachas.
Coloque duas colheres de chá de geleia da sua preferência, no centro de um círculo de massa.
Coloque um outro círculo de massa por cima e unir bem as pontas caso contrário abrirão durante a fritura.
Com a mesma massa pode fazer também donuts
e para isso basta fazerem um corte no meio
com a tampa de um xarope

Aqueça o óleo e frite a massa por mais ou menos, 4/5 minutos de cada lado ou até que fiquem bem douradinhos.Retire os donuts com a ajuda de uma escumadeira e coloque-os sobre papel de cozinha para que absorvam a gordura.

Assim que arrefecerem polvilhe-os com açúcar em pó a gosto e sirva.

 

Bolo de Arroz com Cardamomo

Vi este bolinho faz tempo, lá no lindo e inspirador blog “Cozinha da Duxa”, da querida amiga Dulce e um dia destes lá o fiz apenas com uma alteração juntei-lhe o cardamomo para o aromatizar.
Dividi também a massa em duas, uma foi para a forma grande e a outra metade para pequenos moldes de silicone a fazer lembrar os bolinhos de arroz de compra.

A massa deste bolo fica fofa e a cobertura bem crocante. Uma delicia!
1 chávena de chá de arroz

1 chávena de chá de leite
1 chávena de chá de açucar
2 ovos
1/2 chávena de chá de óleo
1 colher de sopa de fermento royal
2 sementes de cardamomo (só o interior)

De véspera, colocar o arroz de molho no leite pois, como diz a Dulce é muito importante que o arroz fique de molho por 12 horas.

No dia seguinte e após esse tempo, colocar todos os ingredientes na bimby e programar 1.30 minuto na Vel. 6. Adicione o fermento e volte a programar mais 1 minuto.
Untar bem uma forma e levar ao forno pré aquecido a 180º C por cerca de 30/35 minutos.
 
Obrigada amiga Dulce por seres mais uma vez, fonte de inspiração.
 
Beijinhos com amizade!